A TERRA É UM SÓ PAÍS

Bem aventurado é o lugar, a casa e o coração e bem aventurado o refúgio, a caverna ou o vale, a terra e o mar, o prado e a ilha, onde se haja feito menção de Deus e celebrado o Seu louvor. -----------------------Bahá'u'lláh ---------------------

quinta-feira, março 31, 2005

UMA ABORDAGEM DO PAPEL DAS MULHERES BAHÁ'IS DENTRO DA COMUNIDADE BAHÁ'I E NO DIÁLOGO INTER-RELIGIOSO


Queridos Amigos do Movimento NÓS SOMOS IGREJA e também de todas e todos os que aqui representam as várias religões convidadas para este Encontro/Reflexão!

Eu como Mulher Bahá’i, sinto-me uma priveligiada ao confrontar-me com as posições que algumas das Igrejas e Movimentos mundiais têm, em relação ao papel da mulher na
Intervenção na respectiva Comunidade.

Na verdade, na Comunidade Bahá’i, como não existe clero, todos os homens e todas as mulheres são chamados, pela Comunidade, para desempenhar exactamente o mesmo papel – SERVIR!

A Comunidade Bahá’i é administrativa e espiritualmente regida por Assembleias espirituais, de nove membros, eleitas anualmente por voto secreto e sem campanha eleitoral. Isso significa que tanto local, nacional ou internacionalmente, o método é o mesmo,- são eleitos por voto secreto para gerir a comunidade- as pessoas que durante o ano anterior, melhor e mais devotadamente serviram os interesses da Fé. Isso significa que nas Assembleias (de nove pessoas, sempre) coexistem como membros, homens e mulheres que trabalham voluntáriamente (nenhum trabalho na comunidade é remunerado) em prol do bem comum e do desenvolvimento da Causa.

Ainda por cima, sabendo nós que em Portugal, há mais mulheres que homens, não raro é verificar-se que nas Assembleias existam, muitas vezes, mais mulheres do que homens!

O princípio interiorizado na Comunidade, de que a Humanidade é um pássaro de duas asas – UMA O HOMEM A OUTRA A MULHER e de esse pássaro deverá ter as duas asas equilibradas para poder alçar vôo. Claro que este principio facilita também o equilíbrio de ideias e promove a apreensão de alguns sentimentos que eram históricamente maioritáriamente masculinos, como a determinação, o comando, a gestão, a afirmação e os outros que eram ditos próprios do sentir feminino – a compreensão, a docura, a afabilidade, a sensibilidade, uma maior emocionabilidade, tudo isso possa ser partilhado sem medos de julgamentos preconcebidos, o que torna a resolução dos problemas e das situações muito mais fácil e harmoniosa, pois tudo se resolve dentro de um espirito de consultação espiritual.
Os sentimentos pessoais, acabam, dentro deste clima, por dissolver-se, constituindo-se o produto final, na resolução assumida pelo grupo.

E como é evidente, este sentimento perpassa por todos os actos da Comunidade. Os Bahá’is nunca pensam, aqui deve ir um homem ou ali uma mulher, porque pensamos sempre – Quem é mais capaz de desenvolver isto ou aquilo? O problema sexo, nunca se põe. É uma questão de capacitação e de disponibilidade, mais nada.

Estou feliz por estar neste Encontro, com os nossos companheiros de caminhada , mulheres e homens, de algumas das religiões existentes no nosso país e verificar que apesar de termos poucos homens na sala a escutar-nos, isso já é um indicador que, felizmente, há muitos, mas muitos homens de todas as religiões, que gostariam que estes preconceitos terminassem.

Louvo este movimento NÓS SOMOS IGREJA pelos esforços de devolver à MULHER os valores que as próprias Escrituras Sagradas do Cristianismo lhes deram e que,aos poucos lhes foram confiscadas. Como Bahá’i, ficarei feliz no dia em que a vossa razão seja aceite e o vosso lugar devidamente reconhecido.

Espero sinceramente, que esta caminhada conjunta inter-religiosa, não termine e continuemos a conhecer-nos e a respeitar-nos, porque isso é uma mais-valia para todos que não deveremos deixar que se desperdice porque SÓ SE AMA O QUE SE CONHECE e é bom que nos conheçamos e saibamos QUE É MUITO MAIS O QUE NOS UNE DO QUE O QUE NOS DIVIDE.

Para todas as minhas companheiras e os meus companheiros, parceiros neste esforço, o meu grande abraço fraterno!

3 Comentários:

  • Às 2:38 PM , Blogger Marco disse...

    Estavas inspirada, hein?
    :-)

     
  • Às 9:10 PM , Blogger Henrique Antunes disse...

    Gostei imenso do texto e digo que está. Fiquei a conhecer mais de que se trata a FÉ Bahá'i e de como é a união entre todos os crentes, que é muito especial; coisa que às vezes não há em outras religiões.
    Gosto imenso do blog, e vou estar a par de novas publicações.

    Um grande beijo do sobrinho Henrique.

    E deixo a todos saliente que se quiserem absorver mais História de Portugal, que é o caso da revolução de 25 de Abril de 1974 podem visitar o blog: http://www.acontecimentosdeabril.
    blogspot.com/ ou se quiserem ouvir histórias de encantr não hesitem e acessem o blog: http://www.estóriasdeencantar.
    blogspot.com/
    Obrigado e mais um grande beijo a esta tia.

     
  • Às 2:55 PM , Anonymous Anônimo disse...

    Com que então propaganda gratuita no meu blog! Boa! Estás a saber mais do que eu te ensinei!
    Beijinhos da tia

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

 
Bem aventurado é o lugar,a casa e o coração e bem aventurada a cidade, o refúgio, a caverna e o vale, o prado e a ilha, onde se haja feito menção de Deus e celebrado o Seu louvor! - Bahá'u'lláh -